fbpx

Como estudar para discursivas em concursos

No artigo de hoje faremos sobre como estudar discursivas em concursos.

Quer se preparar com qualidade? Então continue lendo!

Antes de mais nada, é importante saber de que forma sua discursiva será cobrada.

Por exemplo: serão questões dissertativas sobre atualidades, sobre o conteúdo programático do edital, qual o gênero e tipo textual?

Além disso, é importante identificar no edital os critérios de correção, mínimo e máximo de linhas, pontuação atribuída a cada critério de correção – tudo isso irá direcionar seu estudo.

Exemplo de critérios de correção de um edital da banca CESPE:

Como estudar estudar para discursivas em concursos

A principal forma de  estudar para discursivas em concursos é TREINAR muito.

Por isso, programe-se para fazer discursivas toda semana ou, pelo menos, a cada quinze dias.

Dessa forma, você já pode deixar alguns temas pré-definidos para não ter que ficar procurando na hora programada para escrever.

Também separe provas antigas condizentes com a forma com que será cobrada na sua prova, ou busque por temas aleatórios na internet.

Você também pode montar um grupo de estudos em que cada um elabora um tema para os outros, formando, assim, uma coleção de temas para todos usarem.

Correção das redações

É ideal ter alguém para corrigir sua discursiva baseado nos critérios do seu edital.

Para isso, há professores e servidores especializados nesse serviço, mas caso não consiga arcar com esse custo, encontre um “companheiro de discursiva” para trocar redações, um corrige o do outro.

Após a correção, analise as observações feitas e tente reescrever a redação após um tempo, seguindo as recomendações feitas.

Atualidades

Caso sua discursiva seja do tema atualidades, será necessário manter um estudo concomitante desses temas, com a leitura de artigos de opinião para que você consiga construir um raciocínio crítico sobre o tema.

Para temas do conteúdo programático do edital, é imprescindível um bom conhecimento da matéria.

Na área de direito, destaca-se o estudo da doutrina e da lei seca.

Veja nesse nosso artigo como estudar atualidades para concursos.

Língua Portuguesa

Para se dar em discursivas, torna-se imprescindível o estudo constante de Língua Portuguesa, tanto da gramática quanto da estrutura dos textos. Há muitos cursos de redação que te dão algumas “fórmulas” que devem ser seguidas na hora de montar cada tipo de texto.

Lembre-se que os examinadores geralmente seguem essas fórmulas para correção das discursivas (ex. Eles esperam uma introdução, argumentos e conclusão – nessa ordem).

Importante notar que, muitas vezes, não será um especialista no tema em questão que irá corrigir sua discursiva, mas sim um professor de Língua Portuguesa que seguirá certos critérios pré-estabelecidos.

Isso ressalta ainda mais a necessidade de se seguir uma estrutura conhecida e não negligenciar o estudo da língua portuguesa. Às vezes a ‘cara’ da redação (ortografia correta, letra bonita, coerência, coesão) acaba tendo mais peso do que o próprio conteúdo.

Não deixe para estudar para discursivas nas vésperas da prova.

O estudo deve ser constante e com muita prática.

Se você gostou do conteúdo, lembre-se de compartilhar!

Até mais.

Outras publicações

Entre em contato