fbpx

Como um plano de estudos pode te ajudar a passar no concurso público

Mãos femininas escrevendo na agenda

Oie! Tudo bem? Aqui é a Leilane, coordenadora do Mapa, e hoje quero falar como um plano de estudos pode te ajudar a passar no concurso público.

O que é um plano de estudos

Primeiro vamos esclarecer o que é um plano de estudos.

Analisando a primeira palavra, “plano” quer dizer um conjunto de passos ou etapas para se alcançar um objetivo.

Quando montamos um sistema para atingir um objetivo relacionado a estudos, seja de vestibular, concurso, faculdade, estamos falando de um plano de estudos.

Na prática, um plano de estudos vai funcionar como um cronograma a ser cumprido, um planejamento, distribuindo atividades referentes ao estudo, como estudo primário, revisões, resolução de exercícios, no tempo que você reservou para essas atividades.

Como montar um plano de estudos

Em resumo, as etapas para montar um planejamento de estudos são:

  1. Coloque no papel sua rotina diária;
  2. Defina os horários que usará para estudo;
  3. Escolha as matérias e tópicos que serão estudados;
  4. Encaixe semanalmente as atividades de estudos nos horários previamente definidos.

A montagem de um plano de estudos é relativamente simples, e essa prática pode trazer muitos benefícios pra você!

Vamos ver agora quais as vantagens de se seguir um plano na hora de estudar, e você verá que essa é uma ferramenta que te ajudará a chegar mais rápido na tão sonhada aprovação.

1 – Otimização dos estudos

A primeira vantagem de se utilizar um cronograma é a otimização dos seus estudos, o que vai acontecer devido a um conjunto de fatores:

  • Melhor aproveitamento do tempo livre
  • Aumento na disciplina
  • Diminuição da procrastinação
  • Melhorias na concentração e foco

Ao colocar no papel todos os seus horários e atividades, é bem possível que você identifique algum horário livre que pode ser usado para estudo, aumentando logo de cara a sua produtividade nos estudos.

E essa vantagem é especialmente importante para quem concilia os estudos com trabalho e precisa aproveitar ao máximo o tempo livre!

O que acontece também é que quando você tem horários definidos para estudar seu cérebro se acostuma com a rotina e fica mais fácil sentar para estudar com o tempo.

Por isso, é natural ficar mais disciplinado para os estudos quando está seguindo um cronograma.

Além disso, saber qual o próximo passo e o que estudar em seguida também é essencial para te ajudar a combater a procrastinação, já que muitos alunos desistem de estudar quando não sabem por onde começar.

E como você estará cada vez mais habituado ao “horário de estudar”, isso terá reflexo na sua capacidade de concentração, que fica maior na medida em que você mantém a constância desse hábito, estudando todos os dias do seu cronograma.

2 – Otimização dos resultados

Ter um plano de estudos otimiza não só o processo, mas também os resultados.

Assim, no seu planejamento, você pode intercalar disciplinas em que tem mais dificuldade com aquelas em que tem mais facilidade, o que vai te fazer cansar menos.

E você também consegue dar maior importância aos tópicos prioritários para sua prova, o que não acontece quando você estuda sem planejamento.

Já imaginou chegar na prova e perceber que faltou estudar parte da matéria ou que não tempo suficiente a assuntos importantes?

Então evite isso com um bom planejamento dos estudos!

3 – Acompanhamento do desempenho e motivação para estudar

Quando você tem um plano de estudos, naturalmente terá um controle do que já foi estudado e do que falta estudar, bem como das metas de estudo para o dia e para a semana.

Esses hábitos de manter controles e metas te ajudam a se manter motivado, pois você consegue enxergar evolução ao cumprir as tarefas diariamente, o que funciona como uma espécie de recompensa imediata para o seu cérebro.

Além disso, se você registra seu desempenho nos exercícios e simulados, obtém um feedback em tempo real do seu desempenho, o que te permite corrigir o curso e melhorar suas técnicas de estudo, caso seja necessário.

4 – Memorização a longo prazo

Uma das atividades que você pode encaixar no seu plano é a de revisão dos assuntos que já foram estudados.

Assim, essas revisões vão ajudar na consolidação e memorização dos conteúdos a longo prazo, evitando o trabalho de ter que estudar tudo do zero novamente daqui a alguns meses!

E sem um plano de estudos, você corre o risco de estudar todo o conteúdo e se esquecer de revisar, colocando a perder todo o esforço feito até então.

5 – Escolha de materiais adequados

Quando você tem uma visão clara do tempo disponível para estudos consegue escolher melhor o tipo de material mais adequado para você.

Por exemplo, quem passa muito tempo em transporte pode optar por cursos que forneçam áudios das matérias, para que possam ouvir no carro, no ônibus.

Ou quem estuda fora de caso pode dar preferência a materiais digitais, como PDFs, que podem ser acessados de qualquer lugar, em detrimento de livros difíceis de carregar.

6 – Mais tempo para estudar

Se você tem um cronograma de estudos bem delineado, sabe quais materiais usar e quais disciplinas estudar em cada horário, então a única coisa que terá que fazer nos horários definidos para estudo é… estudar!

Com um plano de estudos, você não vai perder perder tempo pensando “o que eu estudo agora” e, principalmente, não vai deixar para começar depois.

Assim, a organização prévia permite que você dedique todo seu tempo livre aos estudos, o que, naturalmente, só tem a contribuir com seus resultados!

7 – Priorização dos estudos

Por fim, as metas inerentes ao planejamento ajudam a tratar os estudos como prioridade.

Quando você não tem objetivos a ser cumpridos, pode acabar deixando os estudos de lado, fazendo “só quando dá”, sem a seriedade necessária pra se chegar à aprovação em uma prova de vestibular, faculdade ou concurso.

Por isso, dedique-se em montar ou encontrar um plano de estudos que seja adequado pra você, e terá o planejamento como aliado do esforço e da persistência.

Se você gostou do artigo, lembre-se de compartilhar!

Para otimizar ainda mais sua preparação, leia também:

10 passos para ser aprovado em concursos públicos

Outras publicações

Entre em contato