O que é mais importante no edital do concurso?

Você sabe quais as informações mais importantes no edital do seu concurso?

Pode parecer óbvio que é fundamental ler o edital do concurso público que se pretende prestar.

Porém, muita gente pula essa importante etapa da preparação e acaba deixando a sua tão sonhada vaga para trás ou adiando um pouco mais a sua conquista.

Então, conheça agora os principais itens para analisar em um edital e já sair na frente de diversos concorrentes.

O que é um Edital do Concurso público?

O edital é um documento normativo que contém todas as regras de como o concurso será executado.

Nele, você encontrará informações como:

  • Período das inscrições
  • Data da prova
  • Fases do concurso
  • Cargos e número de vagas
  • Pré-requisitos para cada cargo
  • Valor da taxa de inscrição
  • Cor de caneta que deve ser utilizada no dia da prova
  • Disciplinas que vão ser cobradas
  • Número de questões
  • Estilo da prova
  • Penalizações e muito mais!

Já deu para ter uma ideia da importância da leitura atenta do edital, não é?

Então, agora vamos esmiuçar melhor os principais pontos a se observar dentro desse documento.

Planejamento

Planejar é fundamental, e um bom planejamento começa antes mesmo da publicação do Edital

Por isso, todo bom planejamento começa com a análise do edital, principalmente, se o seu concurso ainda não teve o edital publicado. Calma que vamos explicar!

Assim, quando o edital é publicado, o tempo até a realização da prova geralmente é muito curto, algo em torno de 3 meses, às vezes, até menos, e isso pode prejudicar muito a sua preparação.

Então você ficará mais ansioso, não vai conseguir estudar com calma e qualidade para realmente aprender o conteúdo, e terá pouco (ou nenhum) tempo para as revisões e resolução de questões.

Por isso, busque iniciar o seu planejamento previamente com base no edital anterior do concurso que você almeja, tendo em vista que a maioria das matérias serão repetidas.

Além disso, algumas regras específicas do concurso também se repetirão, como a exigência da escolaridade para o cargo e as fases do certame, principalmente concursos da área policial.

Por exemplo, ao pegar o edital do último concurso da PMSP, você descobriu que o certame foi composto por 6 etapas, a saber:

  • Exames de Conhecimentos;
  • Exames de Aptidão Física ou TAF (Teste de Aptidão Física);
  • Avaliação de conduta social;
  • Exame Psicológico;
  • Exames de saúde;
  • Análise de documentos.

Preparação

Com essas informações, você consegue iniciar a sua preparação em diversos aspectos:

1 – Ao saber que o concurso possui várias fases, você terá em mente que se for de outra cidade, precisará se deslocar várias vezes até a cidade de realização das provas. Você terá condições de participar de todas as etapas? Se não, o que pode começar a fazer para poder participar?

2 – Sabendo a escolaridade exigida pelo cargo, você terá em mente se ela é ou não compatível com a que você possui e o que você pode fazer. Por exemplo, é melhor iniciar uma faculdade de curta duração ou focar em outro cargo?

Dicas

Ao descobrir as matérias cobradas, você poderá iniciar um ciclo básico de estudos.

Como já sabe que vai ter TAF, você já pode começar a melhorar a sua resistência física, então, já entra na academia, começa se exercitar mais, melhora a alimentação e etc.

Como terão exames de saúde, já pesquise valores de exames, onde poderá fazer.

Geralmente, no edital consta também uma lista de doenças que impedem a posse. Veja se possui algum problema que o impeça de assumir o cargo ou se há alguma coisa que você pode fazer em relação a sua saúde.

Comece a juntar dinheiro para conseguir pagar exames, eventual transporte e hospedagem para as etapas.

No edital é informado quem é responsável pelas despesas com os exames, em alguns casos, é o próprio órgão, mas na maioria é o próprio candidato.

Se você possui dificuldades financeiras, pode consultar a lista de exames que são solicitados, fazer um orçamento e começar a juntar o dinheiro, assim, quando chegar o momento de realizar os exames, não terá problemas com isso.

O edital do concurso foi publicado, e agora?

Se o seu edital já foi publicado, algumas informações precisam estar muito bem definidas para você.

Veremos algumas delas a seguir!

Requisitos

Verifique se você possui todos os requisitos para o ocupar o cargo, como:

  • Escolaridade;
  • Idade (mínima ou máxima);
  • Estatura mínima;
  • Condições de saúde, entre outros.
  • Muita atenção com as datas

Não vai adiantar muita coisa se preparar para o concurso e perder o prazo para as inscrições, não é mesmo?

Então, fique atento às seguintes datas:

  • Período de abertura das inscrições;
  • Período para solicitação de isenção da taxa de inscrição (se for o seu caso, inclusive, no próprio edital estará definido quem tem direito ao benefício);
  • Data limite para pagamento do boleto;
  • Data da prova;

Etapas do Concurso

Você tem que conhecer todas as etapas que vai precisar passar para conquistar a vaga. Por exemplo:

  • Vai ter redação ou só prova objetiva?
  • Enfrentarei prova prática? Outras fases comuns são o TAF, investigação social e etc.

Por isso, conheça o funcionamento de cada uma das fases lendo atentamente o edital, e verifique se elas são eliminatórias ou classificatórias.

Conheça o “inimigo”

Neste caso, o inimigo em questão é a prova objetiva/discursiva, e você precisará conhecer muito bem o que vai encarar pela frente. Por isso, atente-se às seguintes informações:

  • Tipo de prova: a prova estará em qual formato (verdadeiro/falso, 5 assertivas (A,B,C,D,E) ou apenas 4 (A,B,C,D)) com apenas uma alternativa correta.
  • Matérias que serão cobradas: verifique quais matérias você já estudou e quais possui mais dificuldades, assim, pode montar um ciclo de estudos mais eficiente.
  • Número de questões: veja o número de questões e o tempo que terá para respondê-las.
  • Peso de cada matéria: com base nessa informação, você poderá definir quais são as matéria mais “importantes”.
  • Nota mínima: algumas provas exigem nota mínima geral ou em matérias específicas.
  • Informações sobre o dia da prova

O dia da prova por si só já provoca muita ansiedade e nervosismo, então, é bom evitar surpresas.

Fique atento, principalmente:

  • Fuso horário: se a prova será em um Estado diferente do seu, verifique se ela será executada seguindo o horário de Brasília ou o horário local.
  • Cor da caneta: a caneta tem que ser preta, azul, ou tanto faz?
  • Horário que os portões serão abertos e fechados: não vá se atrasar.
  • Itens proibidos: consulte qual material você poderá ou não levar.
  • Documentos: consulte a lista de quais documentos deverão ser apresentados, bem como quais são aceitos para identificação.

Conclusão

Prestar concurso público exige sempre um grande investimento, seja de dinheiro, esforço ou tempo. Então, para que as coisas ocorram do modo esperado, ter um bom planejamento é essencial.

Para finalizar, se você deseja iniciar a sua preparação com o pé direito, não deixe de conhecer os nossos planos de estudos.

Até mais!

Leia: Foco nos estudos: como melhorar a concentração

Outras publicações

Entre em contato