fbpx

Prova de títulos em concursos: como funciona?

Prova de títulos em concursos, você sabe como funciona?

Nesse post vamos falar sobre mais uma etapa que pode estar presente no seu concurso: a prova de títulos.

A depender do concurso, ter ou não algum título pode ser um diferencial para entrar na lista dos aprovados dentro das vagas.

O que é a prova de títulos?

Na prova de títulos do edital acumula-se pontos caso o candidato tenha especialização, mestrado, doutorado, experiência anterior no cargo, dentre outros critérios.

Essa etapa visa beneficiar os candidatos que sejam melhor qualificados e preparados para o cargo, o que vai refletir no tipo de título que a instituição decide aceitar.

Os requisitos para cada título, tipos de diplomas aceitos e demais critérios estão discriminados no edital, bem como a pontuação referente a cada item. Podem pontuar na fase de títulos, por exemplo:

  • Mestrado
  • Doutorado
  • Especialização
  • Especialização dentro da área a que se concorre
  • Experiência anterior no cargo
  • Tempo de serviço na administração pública
  • Cursos profissionalizantes
  • Artigos publicados
  • Livros publicados

Caso seu concurso tradicionalmente preveja a fase de títulos, verifique quais titulações são aceitas.

Faça isso antes de começar a investir tempo e dinheiro em qualquer curso pensando em ganhar alguns pontos.

Preciso ter títulos para passar no concurso?

A prova de títulos pode ou não estar presente no edital de um concurso, e o peso que os títulos podem ter na pontuação final do candidato também varia.

A pontuação dos títulos pode compor 5 ou 50% da sua nota final, por exemplo, e esses critérios são discricionários do órgão a que se concorre.

Dentro do edital você terá acesso a quantos pontos vale cada título, bem como a pontuação máxima que pode ser atingida.

Em concursos com uma concorrência muito grande e em que os candidatos possuem notas muito próximas, a pontuação dos títulos pode te fazer subir algumas posições.

Isso acontece em detrimento de candidatos que não possuem ou pontuaram menos nessa fase.

É importante frisar que essa etapa será sempre classificatória, e nunca eliminatória. Isso significa que nenhum candidato pode ser eliminado por não possuir títulos.

Além disso, pontuações altas na prova objetiva e demais etapas podem “compensar” de certa forma a carência de eventuais títulos, caso o peso dessa etapa não seja tão grande na pontuação final.

Em outras palavras, o tempo dedicado a aquisição de um título (dois anos de mestrado, por exemplo) pode ser dedicado ao estudo para o concurso em si.

Isso que tende a elevar a pontuação mais do que o próprio título!

Quando terei que apresentar meus títulos?

Geralmente o edital do concurso terá uma data específica para apresentação dos títulos, como qualquer outra fase.

Nessa fase o candidato aprovado nas primeiras fases é convocado a levar pessoalmente os documentos e cópias autenticadas para que a banca avalie a pontuação obtida pelos títulos apresentados.

Alguns concursos abrem a possibilidade de que esses títulos sejam enviados pelos correios ou entregues via procuração.

O que é melhor: se dedicar ao concurso ou à obtenção de títulos?

Um título pode te colocar dentro da lista de aprovados, no entanto, sem atingir a nota mínima na prova objetiva o candidato nem chegará a apresentar um título.

A maior parte da nota ainda costuma ser referente às provas objetiva e discursiva.

Então mesmo um candidato que pontue o máximo nos títulos pode não chegar no total necessário para estar dentro das vagas.

Assim, a decisão de ir atrás de obter um título ou usar o tempo ‘extra’ para se dedicar ao concurso deve ser tomada com muita consciência pelo candidato – não existe “o melhor a fazer”, de forma genérica.

É preciso analisar quais os títulos são aceitos, peso na pontuação, quanto tempo precisará ser investido, além das condições pessoais do concurseiro de conseguir conciliar tal atividade com o estudo para concursos.

Agora que você já sabe tudo sobre a prova de títulos, que tal saber um pouco mais sobre o teste físico?

Outras publicações

Entre em contato