Tudo sobre o Curso de Formação de Perito Criminal

Tem curiosidade para saber sobre o Curso de Formação de Perito Criminal?

Então continue lendo para entender o que é esse curso, como participar, e o que você vai aprender nele.

O que é o Curso de Formação de Perito Criminal

A perícia criminal é uma das áreas mais fascinantes e desafiadoras do campo da investigação forense.

Os peritos criminais são responsáveis por investigar e analisar os mais diversos tipos de crimes, desde homicídios até fraudes financeiras, usando a ciência e a tecnologia para desvendar os mistérios por trás dos vestígios deixados nos locais de crime.

Mas como esses profissionais se preparam para lidar com situações tão complexas e delicadas?

Neste artigo, vamos explorar a importância do curso de formação (CF) de Perito Criminal, ou ACADEPOL, e como a metodologia de ensino utilizada nesses cursos pode contribuir para a formação de profissionais mais qualificados e preparados para atuar nesse desafiador campo da investigação criminal.

Leia também: Concurso Perito Criminal – Editais previstos para 2023 – Mapa Concursos

Qual a importância do curso de formação

O curso de formação é um aspecto fundamental para a qualificação do perito criminal.

Durante esse período, o profissional adquire conhecimentos técnicos e teóricos que lhe permitem realizar seu trabalho com eficiência e eficácia.

A formação do perito é essencial para que ele possa entender as leis que regem o seu trabalho e as normas que devem ser seguidas no manejo das evidências.

Além disso, é importante que ele esteja atualizado sobre as tecnologias e técnicas mais modernas utilizadas na área.

A formação profissional também é importante para que o perito possa adquirir habilidades práticas, como a capacidade de trabalhar em equipe, de comunicar resultados de forma clara e objetiva e de apresentar seu trabalho em juízo.

Essas habilidades são fundamentais para que o perito possa atuar em processos criminais, garantindo a efetividade do seu trabalho e a justiça para as vítimas e para a sociedade.

Mas como é possível participar do curso de formação de Perito Criminal? Vamos ver no próximo tópico!

Como participar do curso de formação de Perito Criminal?

Para participar do CF, você precisa estar aprovado em um concurso de Perito Criminal.

Não é possível participar de outra maneira, e nenhum outro curso particular substitui a necessidade de se passar pelo curso de formação de cada instituição.

Ou seja, se você quer seguir na carreira de Perito, será obrigatório passar pelo CF.

Leia também: Como ser Perito Criminal: tudo que você precisa saber para ser aprovado (mapaconcursos.com.br)

Quando acontece o CF

O curso de formação pode acontecer tanto como etapa do concurso de Perito Criminal, quanto como atividade obrigatória após a posse na carreira.

Se o seu CF será antes ou depois da posse vai depender da estruturação das etapas do concurso no seu edital.

Agora vejamos as diferenças entre essas situações!

CF como etapa do concurso

Se o CF ocorre como parte do concurso, o candidato ainda não é um Perito Criminal.

Ele é um candidato em potencial e precisa passar pelo CF para se tornar um Perito Criminal oficial.

Neste caso, o CF é uma etapa importante do concurso e geralmente tem um grande impacto na classificação final.

Então após concluir o CF, o candidato precisa aguardar a homologação do concurso e, por fim, a nomeação.

Em alguns casos, o edital prevê uma bolsa para os candidatos, já que o CF exige dedicação integral e não é possível conciliar com outro trabalho.

Mas não é garantia de que haverá bolsa, e essa possibilidade vai depender do regulamento do CF de cada instituição de perícia.

CF após a posse no cargo

Já se o CF ocorre após a posse no cargo, o Perito Criminal já é um profissional em atividade.

No entanto, o CF ainda é uma etapa obrigatória e faz parte do estágio probatório.

O objetivo do CF aqui é, principalmente, ensinar os novos peritos a exercer a profissão.

É importante destacar que o Perito precisa alcançar uma nota mínima no CF para não ser exonerado.

E como já é um Perito Criminal, durante o CF, o Perito inicia o curso recebendo sua remuneração normalmente.

Duração do curso de formação para Peritos

A duração do CF varia conforme o cronograma estabelecido pelo órgão.

Pode durar de algumas semanas a vários meses.

A carga horária do curso geralmente é especificada no edital.

Veja também: Edital de concurso para Perito Criminal – Mapa Concursos

Características gerais do curso de formação de perito criminal

O CF tem provas, que podem ser teóricas, práticas ou ambas. Então o aluno precisa tirar uma nota mínima para ser aprovado.

As aulas geralmente são em tempo integral, muitas vezes indo da manhã até à noite, exigindo muito esforço e dedicação.

O CF também normalmente acontece nas capitais dos estados e todos os aprovados da turma têm aulas juntos, pelo menos nos módulos básicos.

E a classificação no CF também pode ser um critério para escolha da lotação.

Ou seja, quem tem notas maiores tem preferência na hora de escolher o setor ou cidade de atuação, se houver mais de uma opção.

Como acontece o Curso de Formação de Perito Criminal

Os cursos de formação de peritos criminais utilizam uma variedade de metodologias de ensino que incluem aulas teóricas, práticas, visitas técnicas, estudos de caso, entre outras atividades.

Cada uma dessas metodologias tem um papel importante no processo de formação dos peritos, ajudando-os a desenvolver habilidades específicas e a se familiarizar com as ferramentas e equipamentos utilizados no trabalho pericial.

Aulas teóricas

As aulas teóricas são essenciais para o fornecimento de conceitos e princípios fundamentais para o trabalho pericial, como a cadeia de custódia, técnicas de coleta e preservação de evidências, análise de amostras biológicas e químicas, entre outros temas.

Essas aulas geralmente incluem apresentações de slides, discussões em grupo e palestras de peritos em diferentes áreas.

Aulas práticas

As aulas práticas, por sua vez, são voltadas para a aplicação dos conceitos e princípios aprendidos nas aulas teóricas

Os alunos têm a oportunidade de praticar técnicas de coleta e preservação de evidências, análise de amostras biológicas e químicas, análise de manchas de sangue, entre outras atividades.

Essas aulas podem ser realizadas em laboratórios ou em locais de crime simulados ou reais, o que permite que os alunos sejam expostos a situações reais e aprendam a lidar com os desafios enfrentados durante a investigação pericial.

Visitas técnicas

As visitas técnicas são outra metodologia de ensino comum nos cursos de formação de peritos criminais.

Durante essas visitas, os alunos têm a oportunidade de conhecer e interagir com peritos que atuam em diferentes áreas da sua instituição, como balística, toxicologia, genética forense, entre outras.

Essas visitas podem ser realizadas em laboratórios, instituições de pesquisa, hospitais e outras instituições relevantes para o trabalho pericial.

Estudos de caso

Os estudos de caso são uma metodologia de ensino que permite que os alunos sejam expostos a casos reais ou simulados de investigação pericial e aprendam a aplicar os conceitos e princípios aprendidos nas aulas teóricas e práticas.

Durante esses estudos, os alunos têm a oportunidade de analisar e elaborar laudos periciais, discutir os resultados com colegas e professores, e aprender com os erros e acertos do processo investigativo.

Outras atividades

Além dessas metodologias, os cursos de formação de peritos criminais podem incluir outras atividades, como palestras de profissionais da área jurídica, treinamento em habilidades de comunicação e escrita, entre outras.

Quais matérias são aprendidas no CF

As matérias comuns no curso de formação de perito criminal podem variar de acordo com a instituição e região, mas geralmente incluem:

  • Introdução à Criminalística
  • Cadeia de Custódia
  • Noções de Direito
  • Segurança Pública
  • Ética Profissional e Legislação
  • Biologia Forense
  • Química Forense
  • Física Forense
  • Informática Forense
  • Documentoscopia
  • Balística Forense
  • Odontologia Forense
  • Medicina Legal
  • Acidentes de Trânsito
  • Perícia Ambiental
  • Técnicas de Coleta de Vestígios

Quais materiais utilizar para estudar para o curso de formação

Normalmente, os próprios professores do curso darão o material necessário para aprender os procedimentos e estudar para as provas do CF.

No entanto, para quem deseja aprofundar os estudos para o CF e se desenvolver mais na carreira de Perito, recomendamos os livros da Editora Millennium – a maior editora de livros da área forense do Brasil.

Esses livros formam a maior doutrina brasileira em Criminalística, sendo referência para quem estuda para concursos ou atua na área.

E temos parceria de 30% de desconto nos livros da Editora Millennium!

Use o link abaixo ou o cupom LEILANEVERGA para garantir seu desconto.

https://www.millenniumeditora.com.br/?cupom=LEILANEVERGA

Conclusão

Em resumo, a formação profissional é essencial para que o perito criminal possa desempenhar seu papel com eficiência e eficácia.

A qualificação técnica e teórica, bem como o desenvolvimento de habilidades práticas, são fundamentais para que o perito possa atuar de forma competente em processos criminais.

Por isso, é fundamental que o profissional busque constantemente sua atualização e esteja sempre atento às mudanças em sua área de atuação.

Assim, ele poderá oferecer um serviço de qualidade, garantindo a justiça para as vítimas e para a sociedade.

Dicas de estudo para o CF

Algumas dicas de estudo para o curso de formação de perito criminal são:

  • Organize seu tempo: Faça um cronograma de estudos e siga-o rigorosamente. Reserve um tempo diário para revisar e consolidar o que foi aprendido. O CF tem bastante conteúdo e exigirá muita dedicação nesse sentido.
  • Estude pelas fontes indicadas pelos professores: Normalmente os professores cobram em prova conteúdo de slides ou apostilas elaboradas por eles próprios.
  • Estude com antecedência: Não deixe para estudar em cima da hora, nas vésperas da prova. Comece a se preparar o quanto antes para ter mais tempo para assimilar o conteúdo.
  • Pratique exercícios: Além de estudar a teoria, resolva exercícios para treinar a aplicação do conhecimento. Se possível, busque as provas que caíram em turmas anteriores do CF.
  • Participe de grupos de estudo: Junte-se a colegas de curso e formem grupos de estudo para discutir os temas abordados nas aulas.

Lembre-se de que a formação de um perito criminal requer dedicação e empenho.

Seguindo essas dicas de estudo, você estará mais preparado para enfrentar o curso de formação e se tornar um profissional qualificado e competente.

Veja também: Como funciona a mentoria para Perito Criminal – Mapa Concursos

Leilane Verga

Leilane Verga

Deixe um comentário

Posts Recentes

Siga-nos no Facebook

Canal do YouTube