Quanto tempo leva até ser aprovado?

Essa é a pergunta de ouro dos concursos, e o que não falta são textos motivacionais, frases de efeito e até livros sobre o assunto “tempo para ser aprovado”, com a máxima:

Cada um tem seu tempo designado para tudo.

Maria casou aos 20 e passou no concurso aos 40.

Leilane passou no concurso aos 20, e está solteira aos 30.

Fernanda passou com 31 anos, logo após se divorciar.

Eu sei que você já esbarrou em alguma post ou artigo com essa essência! Quem nunca?!

E eu vou bater na mesma tecla? Vou sim.

Porque não me canso de repetir, e as pessoas não se cansam de perguntar “quanto tempo preciso estudar para passar?”. Você, inclusive, chegou até aqui porque certamente ficou curioso com o tal do prazo para a aprovação.

E mesmo com todos esses exemplos da vida real, muitos ainda acreditam que exista um tempo ideal de estudos que, se ultrapassado, certamente levará à aprovação.

Começando agora, dá tempo ser aprovado no concurso….?

Eu sinto a expectativa frustrada de quem me pergunta se é possível passar em seis meses, ou de quem pergunta se tem chances se começar a estudar agora, e eu digo que é impossível responder a essas perguntas.

Na realidade, o máximo que eu posso afirmar, é que se você não estudar, não vai passar.

E eu até entendo a curiosidade de quem vem perguntar quanto tempo levei para passar no primeiro concurso, quantos anos eu tinha, quantas horas eu estudava por dia, e por aí vai.

Entendo porque uma vez, nos primórdios da minha jornada concurseira, eu também cheguei a fazer tais perguntas para um conhecido aprovado. Entendo que as pessoas querem ter algum parâmetro de comparação, mas não se dão conta do quão prejudicial isso pode ser.

Acredite, eu senti na pele a frustração de querer seguir a mesma receita desse colega.

Leia também: O que todo iniciante em concursos deveria saber – Mapa Concursos

Mas ainda bem que não demorei a perceber a cilada em que eu estava me metendo, ao testemunhar tanta gente, de todo canto do Brasil, ter N respostas diferentes para essas mesmas perguntas. Digo cilada, porque a partir do momento em que você obtém uma resposta viável, passa a estabelecer como objetivo para si mesmo.

“Se fulano, com aproximadamente as mesmas condições das minhas, conseguiu passar com um ano de estudo, então eu também conseguirei.”

Que perigo!

Essa é uma das piores atitudes que você pode tomar, quando utiliza outra pessoa como parâmetro para a sua trajetória.

Pois a partir do momento em que você não atinge seu objetivo no prazo estabelecido, passa a se sentir um fracasso e cada vez menos motivado.

Pode pensar que não é capaz.

Afinal, se alguém passou no concurso em um ano de estudo e eu não, então só posso ser burro!!

O que impacta a velocidade de aprovação

Mesmo que você tenha – aparentemente – as mesmas condições de outra pessoa, fatores como a velocidade de aprendizado, o conhecimento de prévio, o conhecimento de técnicas de estudo e de estratégias para lidar com o emocional, variam muito de pessoa para pessoa.

Por exemplo, um concurseiro com boas técnicas de estudo ativo e que sempre foi dedicado aos estudos tende a evoluir muito mais rapidamente do que um outro que estuda de forma passiva, e não levou tão a sério a vida acadêmica. Em um mesmo intervalo de tempo, os dois provavelmente terão resultados bem diferentes.

É impossível quantificar todos esses fatores, colocar em uma equação e predizer quanto tempo você irá demorar para passar. Nem tente.

Sem contar o fator sorte – sempre precisamos de um pouquinho de sorte também! Você pode ter estudado com as mesmas técnicas do seu colega, mas se você der sorte de cair na prova mais o que você estudou, pronto. Pode ser o suficiente para separar uma aprovação da reprovação.

Então é impossível garantir se você vai passar, ou mesmo calcular suas chances de aprovação, se você estudou 3 semanas, 3 meses ou 3 anos.

É meu primeiro concurso. Tenho chances de ser aprovado?

E existe, sim, aquele que passou no primeiro concurso com três meses de estudo.

Mas a maior parte dos aprovados prestou vários concursos, reprovou algumas vezes e estudou por muitos anos até passar.

Note que cada história é diferente, e ninguém é mais ou menos merecedor que o outro. Ninguém é mais ou menos capaz que o outro. As pessoas simplesmente estão partindo de lugares e realidades diferentes. Cada com na sua trajetória.

Pensando nisso, talvez seja mais produtivo pra você se inspirar nas histórias daqueles que estudaram por 5, 10 ou 15 anos, com muitas reprovações na conta, não desistiram e um dia chegaram à tão sonhada aprovação.

Eu mesma me emociono muito quando leio essas histórias de superação, de pessoas que passaram fome, que tinham tudo contra eles, mas ainda assim hoje ocupam cargos de juiz, promotor, PERITO CRIMINAL, etc.

É sempre mais fácil pensar que vai demorar pra passar, e se surpreender com um resultado positivo, do que se impor uma expectativa elevada e enfrentar a frustração depois.

Inspiração, e não comparação!

E atente-se ao verbo: INSPIRAR-SE, e não SE COMPARAR.

Precisamos parar de pensar nos outros e focar no nosso próprio caminho. Quando você se inspira, sente que é capaz pelo bom exemplo. Quando você se compara, se sente incapaz porque sempre haverá alguém melhor do que você.

Nós ainda não temos o poder de prever o futuro, cada concurso é uma história diferente, e na realidade não sabemos quando nossa hora irá chegar.

E talvez a gente realmente não perceba a pressão desnecessária que colocamos em nós mesmos quando traçamos uma meta de tempo até a aprovação. Estamos tão acostumados com prazos e metas a cumprir, que dizer a si mesmo que irá passar com um ano de estudo chega a parecer saudável – mas não é.

Acredite, digo por mim e pelas centenas de alunos que já acompanhei na mentoria.

Costumo até dizer que uma das melhores coisas que fiz quando comecei a estudar para perito foi cair na real de que era um concurso superconcorrido, e de que demoraria muito pra passar. Tendo isso em mente, eu sabia que estudaria pelo tempo que fosse necessário, e jamais estabeleci prazos para a minha aprovação.

Leia também: Concurso de Perito é difícil? – Mapa – Mentoria para Concursos (mapaconcursos.com.br)

Não se compare, não dê margem a ansiedade e frustração.

Pense no esforço que você está fazendo agora e terá sua resposta se está fazendo o suficiente.

Faça o máximo que você pode, com o tempo e os recursos que você tem, que não precisará se preocupar com quanto tempo irá demorar para passar. A aprovação será apenas uma consequência da sua dedicação.

Como ser aprovado mais rápido

Pra finalizar, o que eu garanto que pode te ajudar nesse processo de ser aprovado mais rápido é aprender boas estratégias e técnicas de estudo.

Técnicas ultrapassadas e dispendiosas, como os resumos, grifos e releitura podem atrasar a sua aprovação, na medida em que tomam muito tempo e dão poucos resultados.

E saber escolher seu material de estudos também fará toda a diferença na sua evolução.

Para aprender a escolher o seu, veja também: Como escolher o melhor material para concurso

Como a mentoria pode acelerar sua aprovação

Por fim, uma oportunidade para quem deseja ser aprovado mais rápido é a nossa mentoria para concursos de Perito Criminal.

Isso porque a mentoria é uma modalidade de acompanhamento mais personalizada, que permite ao aluno ter um direcionamento mais específico e adequado às suas necessidades.

Assim, diferente dos cursos convencionais, em que há um grande número de alunos e um plano de aulas pré-determinado, a mentoria permite um atendimento individualizado, com um planejamento estratégico baseado nas necessidades do aluno.

Então o mentor pode, por exemplo, identificar quais são as suas maiores dificuldades, quais matérias precisam de maior atenção e elaborar um plano de estudos que seja mais eficiente para as suas necessidades.

Além disso, a mentoria também oferece um acompanhamento mais próximo, o que pode ser uma grande ajuda para manter a motivação e a disciplina durante a preparação para o concurso.

E com o apoio do mentor, o aluno pode ter um suporte mais constante, receber orientações sobre como lidar com o estresse e a ansiedade e ser incentivado a manter uma rotina de estudos mais eficiente.

Portanto, com um planejamento estratégico mais personalizado e um acompanhamento mais próximo, você tem mais chances de se destacar na prova e ser aprovado em menos tempo do que os outros candidatos.

Conheça mais sobre a mentoria aqui: Como funciona a mentoria para Perito Criminal

Leilane Verga

Leilane Verga

Deixe um comentário

Posts Recentes

Siga-nos no Facebook

Canal do YouTube